Uma análise sobre o mito do "Slender Man"

· 9 minutos de leitura
Uma análise sobre o mito do "Slender Man"

A Origem da Lenda

Hoje não adianta mais falar que o Slender Man foi algo criado, porque o mito criou vida, mas saiba que na verdade, o Slender Man não exista antes de 10 de junho de 2009. Mas como? Calma, eu explico. Existe um site de humor chamado Something Awful, que é gigante e existe desde 1999. No dia 08 de junho de 2009, foi lançado um concurso em seus fóruns para as pessoas fazerem montagens em fotografias, inserindo nelas entidades sobrenaturais. No dia 10, um usuário de nome “Victor Surge” enviou duas imagens de um grupo de crianças com uma criatura alongada atrás. E para dar mais emoção, ele escreveu um pequeno texto sobre cada foto.

“Nós não queremos ir, não queria matá-los, mas o seu silêncio persistente e horríveis braços estendidos, nos consola ao mesmo tempo …” — 1983, fotógrafo desconhecido, presumivelmente mortos.”

“Uma das duas fotografias recuperadas do incêndio da Biblioteca Municipal Stirling. Interessante ter sido tirada no dia que desapareceram catorze crianças e por fazer referência a algo conhecido como “Slender Man”. Deformidades citadas como ‘defeitos na película’ por funcionários. O Fogo na biblioteca ocorreu uma semana depois. Fotografia real e confiscada como prova. — 1986, a fotógrafa: Mary Thomas, desaparecida desde 13 de junho de 1986.”

Dúvida? Então aqui está o link para você ver a postagem original de “Victor Surge” no site Something Awful. (http://forums.somethingawful.com/showthread.php?threadid=3150591&userid=0&perpage=40&pagenumber=3)

Nascia assim o “primeiro grande mito da web” segundo a BBC.

Os Silence (Os Silenciosos) são uma ordem religiosa da série Doctor Who (mostrados no episódio “The Impossible Astronaut”) formada por uma raça que invadiu a Terra em um ponto indeterminado da história manipulando o desenvolvimento do homem para seus próprios interesses. São conhecidos por possuírem poderes telepaticos e a capacidade de matar um ser humano usando uma descarga elétrica de suas mãos. No entanto, cada Silence é conhecido por ter uma habilidade aterrorizante. Assim como o Slender Man são retratados como humanoides altos com cabeça bulbosa (nem sempre Slender e retratado com cabeça ssim) e sem boca e costumam ser vistos usando ternos de textura incomum. No entanto, estes têm olhos afundados em suas órbitas.

Sua existência é basicamente um segredo, já que é dito que aqueles que já viram um Silence não iram lembrar dele, pois eles controlam humanos com poderes hipnóticos. Ou seja, basta você parar de olhar para eles que irá esquecer que já os viu de imediato. (Isso se você sobreviver à um encontro com um…) Isso permite que eles atuem na história sem que sejam percebidos.

Não sendo totalmente iguais ao Slender Man, estes compartilham certa semelhança e são vistos com um grande ar de mistério. Como não sou fã da série Doctor Who nem acompanho frequentemente este post pode estar incompleto e pode haver informações não citadas.

⦁ Pinturas Rupestres:

Pinturas mostrando seres semelhantes ao homem, porém, dotados de muitos tentáculos, foram demonstradas pelos usuários desses fóruns. Entre elas, uma das que mais “correram” a Internet foi essa acima. Na figura podemos perceber um “monstro” amedrontando os humanos. Essa representação está datada de 9.000 anos atrás — o local é duvidoso, já que em alguns fóruns aponta para uma caverna da região de Twyfelfontein, Namibia, enquanto outros dizem que fica no Parque Nacional Serra da Capivara, no nordeste do Brasil.

Hieróglifos Egípcios:

Slender Man está presente também nos Hieróglifos. Esse ser o qual se acredita ser escravo do deus Anúbis, representa exatamente as características do nosso “camarada”: um homem magro, com tentáculos. Fato que deixa tudo muito interessante, principalmente porque o Slender Man, durante a História e as suas participações nela, deixa a entender que ele tem uma ligação com a Morte, mas não com a ação e sim, a Morte como uma entidade.

⦁ Duhb:

Duhb é a criatura da qual fala uma antiga e assustadora lenda escocesa, também conhecida de “Homem Negro”. Conta essa lenda que nas florestas escocesas, desde tempos remotos, mora uma criatura que sequestrava crianças e desaparecia com elas no meio da floresta. Camuflado pela escuridão, Duhb aguardava o momento certo para agarrar suas vítimas. O interessante são as características dessa história com a do Slender Man: ambas as criaturas são homens magros, dotados de tentáculos, que vivem nas florestas e que raptam crianças. A lenda de Duhb é datada de Idade Média.

⦁ Takkenmann:

Outra lenda muito semelhante é a história de Slender Man é o conto holandês de Takkenmann. Takkenmann (Homem Galho) é uma criatura humanoide dotada de galhos, que servem como tentáculos, utilizados para prender suas vítimas e levá-las para o meio da floresta.

Tudo isso são lendas que surgiram ao longo de nossa história, ou seja, Slender vem crescendo e tendo seus nomes mudados a cada passagem de século e tempo. Aparições cada vez mais constantes dependendo de seu tempo e lugar. Não se tem certeza de nada sob sua existência, unicamente sua forma atual e que é atemporal.

⦁ Der Ritter:

Nos primeiros baralhos de Tarô, datados do século XIV da Floresta Negra ao sul da Alemanha mostram uma assustadora criatura muito semelhante ao Slender Man, chamado de Der Ritter (O Cavaleiro), o qual a carta representava a Morte. Em

Escritos dessa época, essa figura é encontrada sequestrando criança dos braços de seus pais. Floresta Negra do Sul da Alemanha é um cenário preferível para seus ataques: árvores altas e negras, nevoeiro e cheia de pessoas se “perdendo”.

⦁ Bicho Papão:

Acredite você ou não, a história do “Bicho papão” não é brasileira, ela está presente em diversas culturas e na sua origem, o bicho papão era um homem, sem rosto, que comia criança, tal como Slender Man, os quais afirmam ter uma boca gigantesca, embora ela não apareça, senão durante as refeições ou tentativas frustradas de se alimentar (pois se alguém realmente viu é sinal que ele fracassou). A história do Bicho Papão é da Europa, da Idade Média e dizem ser uma variação de um conto da Pérsia, sobre um demônio que raptava crianças para se alimentar.

⦁ Der Großmann

Der Großmann é a versão alemã do Bicho Papão. É a versão que mais se assemelha à do Slender Man. Der Großmann significa “O Grande Homem”, nome que faz jus a aparência da criatura: um ser alto, com membros enormes, que entrava pela janela das crianças durante a noite para raptadas e devorá-las posteriormente. Também não possuía rosto, apenas uma grande boca, capaz de esticar para engolir uma criança inteira.

Slender cada vez mais quer um motivo de aparecer e ser comentado. Talvez ele adore uma câmera ou deixar alguém para contar história porque claro, ele poderia raptar todos de uma vez ou acabar com a memória daquele que sobrou, mas simplesmente deixa uma pista de que ele passou ali deixando um pequeno rastro mental.

Como eu disse há milhares de depoimentos de pessoas de diferentes lugares e de diferentes pessoas. Nem em tudo podemos confiar. Os mais “verdadeiros” se passam abaixo.

“O homem alto em sua clareira, vestido como um nobre, todo em preto. Sombras estavam sobre ele, escuro como a meia-noite nublada. Ele tinha muitos braços, todos de comprimento e sem osso como cobras, todos afiados como espadas, e eles se contorciam como vermes nas unhas.”- Mitologia Romena
“Meu filho, meu Lars … ele se foi. Roubado de sua cama. A única coisa que encontramos foi um pedaço de roupa preta. Ela se parece com algodão, mas é mais suave… mais grosso. Lars entrou em meu quarto ontem, gritando no topo com seus pulmões que: “o anjo está lá fora”!” Eu perguntei o que ele estava falando, e ele me contou uma história de fadas disparates sobre Der Großmann. Ele disse que viu o “monstro” indo para os bosques de nossa aldeia e encontrei uma de minhas vacas mortas, pendurada em uma árvore. Não pensei nada no primeiro momento… mas agora, ele está desaparecido. Devemos encontrar Lars, e minha família deve sair antes de sermos mortos. Lamento, meu filho… eu deveria ter te escutado. Que Deus me perdoe ” — Coluna do “O Jornal” (Die Zeitung) datado de 1702
“Alice Elkins relatou que, na noite do desaparecimento de suas irmãs, elas despertara com um batimento repetido no vidro, Sergean Hohne explicou, ela ouviu sua irmã sair da cama, e ter uma conversa curta. Ela não ouviu sua irmã voltar para a cama depois de alguns minutos de ela ir para cima e para a janela, onde ela viu sua irmã no quintal de lado, abraçando o homem alto. De acordo com a testemunha, o homem olhou para ela, sorrindo e indicou que ela havia de vir para baixo também com seu comprido braço. Foi neste momento que a senhorita Elkins ficou extremamente assustada e retornando para a cama. As escutas continuaram por vários minutos.”
“Cidade de Stirling desaparecimentos de 1986–1987.
Cidade de Stirling, no Condado de Butte, CA tem sido um ponto de acesso aparente para atividade de um homem esbelto durante os meados década de 1980. Após o incêndio da Biblioteca da cidade de Stirling, em 1986, um pequeno número de fotografias fora recuperadas, incluindo uma que foi retirada uma semana mais cedo, em 1 de junho de 1986. Nesta data 14 crianças desapareceram, seguida do desaparecimento do fotógrafo, Mary Thomas, duas semanas mais tarde. Alguns teóricos afirmam que a figura à esquerda da foto é o homem esbelto, embora funcionários afirmaram que a personagem sinistra da foto pode ser julgada como defeitos de filme.
Cinco meses mais tarde, o corpo de um dos filhos, quatro anos de idade, Joseph Pertman, foi encontrado no grande pântano Preserve em Kingston Falls, NJ. O Sherrif Adjunto e Jim Stolz, repórter da Associated Press foram os responsáveis por analisar o corpo, ainda na fase inicial da putrefação, indicando que ele ainda estava vivo pouco tempo antes de o encontrarem, quatro meses após seu desaparecimento. Também foi relatado que o corpo foi encontrado em um Estado de Contorcionismo bizarro, embora nunca oficialmente estabeleceu-se a causa da morte.
Em 21 de abril de 1987, o posto de cidade de Stirling publicou uma reportagem sobre centenas de ocorrências de mutilações de animais na cidade de Stirling, que o departamento de controle de Animais do Condado de Butte atribuíram à coyotes. O Oficial do controle animal, Joel Driscol relatou que as feridas foram infligidas de forma precisa nas articulações e pontos vitais.
O D.C.A. também relatou a história de um homem local, David Elkins, que era o proprietário da vítima mais recente — um gato que tinha sido estripado de forma incomum. Em 12 de julho de 1987, a polícia foi chamada para a residência Elkins em Stirling por David Elkins, que havia informado que sua filha de oito anos Katrina tinha desaparecido. A testemunha do desaparecimento foi sua irmã de dez anos, Alice, com quem ela compartilhava um quarto. SCPD Sargento William Hohne informou que a última vez que Alice viu sua irmã, ela estava fora da janela abraçando o homem alto. De acordo com as informações adicionais feitas por Alice, nas semanas anteriores um homem tinha vindo visitá-las, na janela do seu quarto, durante a noite, onde ele batia no vidro e esperava as meninas. No entanto, os investigadores de polícia descartaram a suspeita do terceiro elemento e atribuíram o ocorrido à um sonho. ” Stirling City, 15 de junho de 1987
“Em 10 de Janeiro de 2009, três esquiadores — Amanda Fischer, Douglas Bellanger e Natasha Pierce — desapareceram deixando sua cabine nas montanhas de Mica Resort de Jasper, em Alberta. Um dia antes, um amigo, Thomas Chambers, deixou a festa para retornar a Calgary, aparentemente devido a preocupações com a saúde. Ele foi questionado por RCMP seguindo os desaparecimentos e alegadamente informou que ele havia deixado seus amigos devido a pesadelos recorrentes com um homem alto em preto perscrutando as janelas da cabine durante a noite.
Os investigadores descartaram o jovem como possível suspeito, mas considerava-o uma testemunha-chave. Uma fonte dentro RCMP, que falou sob a condição de anonimato, revelou que os oficiais tinham confiscado uma câmera digital e uma câmera de vídeo no momento da entrevista, que nunca foram devolvidas. A RCMP foi, no entanto, incapaz de perguntar sobre o material disponível na câmera, pois Thomas desapareceu em 21 de janeiro. Sua casa foi encontrada saqueada naquela manhã. Ele nunca foi encontrado.
Royal Canadian Mounted Police e funcionários do Parque começaram a investigar e um mês após o início, culminaram na descoberta dos restos de Amanda Fischers no alto de uma árvore, em uma condição severamente retorcida. Os corpos de Bellanger e Pierce não foram encontrados. ”

Origem real desta criatura? Desconhecida. Não somos só nós internautas ou “fanatistas” que lidamos ou procuramos sobre. Há algum tempo especificamente na Segunda Guerra mundial. Também, há organizações aonde Slender é Deus. As pessoas fazem de tudo para lhe agradar. Hoje em dia há muitas notícias de adolescentes e crianças fazendo tais atrocidades que no caso seria matar pessoas para lhe dar. Ai que podemos dizer que seu alvo talvez realmente possa ser crianças pela sua ingenuidade e facilidade de manipulação.

Há um vídeo de um episódio cancelado do History Channel de uma pesquisa sobre os fantistas da 2° Guerra, diz muita coisa e nada que não possa se dizer que não é verdade:

LINK: https://youtu.be/KTH3UiRezv4

Fontes:

  1. http://anais-comunicon2015.espm.br/GTs/GT6/21_GT06%E2%80%93MAIA.pdf
  2. https://www.academia.edu/21801965/Slender_Man_creepypasta_mimese_e_realidade